Resenha “Star Wars Legends: Herdeiro do Império”, de Timothy Zahn

STAR WARS: HERDEIRO DO IMPÉRIO
Timothy Zahn
Editora Aleph
480

Na trama, Luke, Han e Leia enfrentam uma nova ameaça. Cinco anos após a destruição da Estrela da Morte, a República ainda tenta restabelecer o controle político da galáxia, além de curar as feridas deixadas pela terrível guerra. Porém, o Império parece não ter morrido com Darth Vader e o imperador. Habitando os confins da galáxia, o grão-almirante Thrawn, gênio militar por trás de diversas ações imperiais, ainda luta para reconquistar o poder perdido. A bordo do destroier estelar Quimera, ele descobre segredos que lhe darão a chance de destruir definitivamente o que restou da Aliança Rebelde, para assim retomar o domínio da galáxia e controlar os últimos dos Jedi.

Quem nunca ouviu falar de Star Wars? Não precisa ser geek para nunca ter ouvido falar do Darth Vader ou não reconhecer um sabre de luz ao ver um. Star Wars é uma daquelas séries que fez parte da infância de muitas pessoas, tanto, que a franquia ultrapassa as fronteiras do universo nerd para ser reconhecida no mundo da cultura pop. E é claro que um universo tão vasto assim não poderia ficar limitado apenas aos filmes:

“Depois que Star Wars foi lançado, ficou aparente que minha história—não importa quantos filmes levaria para ser contada—era apenas uma de milhares que podiam ser contadas sobre os personagens que habitam sua galáxia. Mas essas não eram histórias que eu estava destinado a contar. Ao invés disso, elas viriam da imaginação de outros escritores, inspirados pelo vislumbre de uma galáxia que Star Wars provia. Hoje, é um maravilhoso, e inesperado, legado de Star Wars que tantos escritores talentosos estão contribuindo novas histórias para a Saga.”

―George Lucas, da introdução de Splinter of the Mind’s Eye, 1996, fonte Star Wars Wiki em português (http://pt.starwars.wikia.com/wiki/Star_Wars_Legends)

 

O mestre Jedi supremo: George Lucas!

 

Como o bom e velho George disse acima, depois de lançar seis filmes (e agora um sétimo no ano passado e um spin-off esse ano), a Lucas percebeu que a história que havia criado não cabia apenas nas telonas. Foi aí que o sonho de muitos fãs da saga se concretizou: puderam dar asas (ou seriam naves?) a sua imaginação e publicar histórias dentro das galáxias de Star Wars com a benção de George Lucas. Essas histórias do Universo Expandido de Star Wars, quando reconhecidas oficialmente pelas Lucasfilm e pela Disney recebem o selo Legends. E um dos primeiros a ter essa grande honra, foi o Timothy Zahn.

 

Capa do livro. Reparem no Luke empunhando seu sabre de luz verde no meio da horda!

Sinopse

Cinco anos após os eventos de O Retorno de Jedi, onde pensava-se que a paz no universo havia sido finalmente alcançada, a recém-criada Nova República está fragilizada e passando por crises financeiras e políticas. Seu maior desafio é conquistar apoio político de vários povos espalhados pela galáxia e isso significa mexer nas feridas deixadas pelo Império. E como se não bastasse, o Império não caiu com a queda do Imperador e de Darth Vader. Nos confins do universo, o gênio militar por trás das grandiosas investidas imperiais, o Grão-Almirante Thrawn arquiteta abordo do seu cruzador espacial Quimera seu grande plano para acabar de vez com a Nova República, trazer de volta a glória do Império e controlar os últimos Jedi existentes no universo.

Luke Skywalker e agora os casados e “grávidos” Han e Leia Organa Solo não tem tempo para descansar. Com o Grão-Almirante tramando nas sombras, nosso trio preferido de heróis galácticos tem uma nova ameaça nas mãos e precisam correr contra o tempo para conseguirem novos aliados e ficarem mais fortes mais uma guerra que está por vir.

 

Contra capa do livro. No canto inferior, há os selos da Lucasfilm e da Disney.

Narrativa

Herdeiro do Império é narrado em terceira pessoa, mudando o foco dos personagens em cada capítulo. O ponto de vista alterna entre Luke, Han e Leia, que em cada capítulo enfrentam problemas: Luke com o peso de ser o último Jedi, com a missão de ensinar os preceitos da Força para sua irmã e sobrinhos, Han em conseguir a confiança de contrabandistas para juntar forças para a Nova República e Leia em conquistar com sua diplomacia mais aliados para a causa.

 

Todos os livros, HQ´S, jogos e afins que tenham o selo Legends são histórias reconhecidas oficialmente do Universo Expandido de Star Wars

Destaque

Dá aquela sensação de nostalgia ao ler as primeiras páginas e reencontrar personagens queridos como o Luke, a Leia, Han, Chewie, R2-D2 e até o C3PO, apesar dela continuar sendo um mala. Os novos personagens também são carismáticos e estão bem a altura os personagens clássicos.

 

Todos os capítulos são marcados por essa cena e um trecho inicial. É muito legal!

Minha Opinião

Fã de Star Wars desde criança, mal pude conter a empolgação quando vi esse livro na prateleira (mas só consegui comprar meses depois #Chorei). Tudo que sai sobre Star Wars deixa os fãs em polvorosa. Como disse na introdução, Herdeiro do Império, o primeiro volume da Trilogia Thrawn, possui o selo Legends, ou seja, é uma história reconhecida e aprovada pelo George Lucas. Escrito por Timothy Zahn, a Trilogia Thrawn foi uma das primeiras sagas do universo expandido de Star Wars a aparecer e logo recebeu a aprovação do público, tanto, que a trilogia serviu de base também para as várias HQ´s da franquia e dos jogos eletrônicos também. Pouca “responsa”, não?

O livro começa cinco anos após a destruição da segunda Estrela da Morte, da queda do Imperador e da morte de Anakin Skywalker, o Darth Vader. Mas a paz está longe de acontecer para Luke, Han e Leia, que agora estão casados e com gêmeos a caminho. (e isso nem é spoiler, acontece logo nas primeiras páginas) A Nova República ainda é muito frágil e ainda existe a ameaça do Império, já que um de seus maiores gênios militares ainda está vivo e tramando para retornar com forçar total. Estamos falando do Grão-Almirante Thrawn, o novo vilão da saga. Acho que ainda é muito cedo para ter uma opinião formada sobre esse personagem, mas já adianto que sua aparição no primeiro livro é marcante e dá perceber que ele é um antagonista de peso, tanto como o Imperador ou Darth Vader.

 

Confessa aew: tocou a música de abertura do Star Wars na sua cabeça agora, né?

 

Falando em personagens, Herdeiro do Império além de trazer nossos queridos personagens clássicos de volta, trouxe novos personagens que não deixam nada a desejar em relação aos antigos. Vale destacar aqui dois: Talon Karrde e Mara Jade. Karrde é um contrabandista muito bem-sucedido, possui uma forte frota de naves, clientes e contatos em várias partes da galáxia e um forte bem equipado que serve como sua base principal em um planeta bem escondido e discreto. Karrde é um Han Solo que deu certo, intuitivo e com tino para os negócios, é um dos contrabandistas mais ricos e poderosos do universo. Apesar disso, anda na corda bamba ao negociar com Thrawn e a Nova República ao mesmo tempo. Mara Jade, braço direito de Karrde, é um dos maiores mistérios do livro. Seu passado é misterioso e ela possui força e habilidades incomuns, como uma fria assassina. Mara possui um ódio mortal por Luke Skywalker e seu maior sonho é mata-lo com as próprias mãos com toda crueldade possível. Durante a maior parte do livro, seu ódio e obsessão por Luke é um mistério até mesmo para o mesmo, mas dá gosto de acompanhar o desenrolar dessa relação. Mais surpreendente que esses dois, só mesmo um personagem que não posso revelar quem é, mas vai deixar muita gente de queixo caído!

Voltando aos personagens antigos, temos um Luke angustiado por ser o único Cavaleiro Jedi treinado do universo. Sua maior preocupação é conseguir ser um bom mestre para sua irmã e seus sobrinhos que estão para nascer. Ainda sentindo a presença de seus mestres, como Yoda e Kenobi, Luke investiga o espaço, a procura de algo ou alguém que o ajude a compreender melhor a Força. Han, agora como general da Nova República, se sente incomodado com seu cargo “legal”, sentindo falta da velha vida de fora da lei. Leia, mesmo grávida de gêmeos não deixa de lado seus deveres como diplomata, aceitando todo o tipo de missão perigosa para trazer mais aliados para nova república, além de iniciar seu treinamento como Jedi. Apesar de estarem com novos desafios e um pouco mais velhos, é bom ver que a essência do trio e dos demais personagens não se perdeu, pelo contrário: é interessante ver como os personagens evoluíram após O Retorno de Jedi, continuando fidedignos aos filmes. E claro, aquela boa e velha sensação de nostalgia que dá.

Herdeiro do Império, assim como os filmes, começa em um ritmo lento, mas que vai aumentando a tensão gradualmente, até chegar naquele clímax de ação que nos empolga tanto. Claro que ler é muito diferente de ver o filme. Alguns trechos do livro são bem parados, principalmente porque há trechos que envolvem política intergaláctica. Apesar de gostar bastante de ficção científica, confesso que ouve partes em que fiquei boiando. Os momentos em que Thrawn aparece são intrigantes e um tanto misteriosos, dá mais vontade de conhecer a fundo esse novo vilão, como, porque ele é tão poderoso? Como chegou ao cargo de Grão-Almirante? E principalmente, onde Thrawn estava quando o Imperador foi derrotado pela Aliança Rebelde? Karrde e Mara Jane também marcam presença no livro, ás vezes, roubando até a cena dos personagens mais clássicos. Por si só, o livro já vale a pena de ler pelos novos personagens que acrescentam e muito para a história. Com 472 páginas e uma fonte bem pequena para ler, Herdeiro do Império é bem detalhista e nos faz ter uma noção no quanto é gigantesco o universo de Star Wars e em quantas possibilidades de histórias diferentes é possível criar. Não é um livro para se ler rápido, uma distração e você terá que voltar algumas páginas para entender o que está se passando. Quem nunca viu os filmes com certeza ficará perdido e se você viu os filmes já faz um tempo e deseja ler esse livro, melhor fazer uma maratona Star Wars antes de ler. Para os fãs, Herdeiro do Império é um prato cheio, é ótimo rever os antigos personagens e conhecer os novos que estão bem à altura dos clássicos. Recomendadíssimo!

 

O autor do livro, Timothy Zahn

 

Sinopse Oficial

O primeiro volume da consagrada trilogia Thrawn.

Luke, Han e Leia enfrentam uma nova ameaça. Cinco anos após a destruição da Estrela da Morte, a ainda frágil República luta para restabelecer o controle político e curar as feridas deixadas pela guerra que assolou a galáxia. O Império, porém, parece não ter morrido com Dath Vader e o imperador. Habitando os confins da galáxia, o grão-almirante Thrawn, gênio militar por trás de diversas ações imperiais, ainda luta para reconquistar o poder perdido. A bordo do destroier estelar Quimera, ele descobre segredos que lhe darão a chance de destruir definitivamente o que restou da Aliança Rebelde, para assim retomar o domínio da galáxia e controlar os últimos dos Jedi.

Herdeiro do Império é considerado um dos mais importantes marcos do Universo Expandido de Star Wars.

Ficha Técnica

ISBN: 978.85.7657.198-8
Edição:
Ano: 2014
Número de páginas: 472
Acabamento: Brochura
Formato: 16x23cm
Peso: 0,600kg
Autor: Timothy Zahn
Editora: Aleph
Preço sugerido: R$ 44,90

Tainá de Oliveira

Sou Tainá de Oliveira, carioca da gema e tipicamente ariana! Rata de livraria, meu vício em livros começou já no berço. Jornalista, sonho em escrever livros tão bons quanto os que leio e que possam encantar crianças e adormecer adultos!

Você Pode Gostar

  • Muita vontade de ler esse livro!!! 🙂

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: