Resenha “Salva por Um Cavalheiro”, de Stephanie Laurens

Salva por Um Cavalheiro Book Cover Salva por Um Cavalheiro
As irmãs Cynster
Stephanie Laurens
Fiction
Harper Collins
20 de March de 2017
Físico
352

“As irmãs Cynster imperam.” Library Journal “Um romance com caracterizações ricamente traçadas e enredo bem elaborado.” Publishers Weekly “Stephanie Laurens evoca as fantasias do leitor como ninguém, e, a cada livro, exige nada menos do que seu coração em troca.” RT Book Reviews Londres, 1829. Impetuosamente sequestrada durante o baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo... Após passar três dias e três noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso. Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida... Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino... Mais precisamente... Eliza Cynster! Apesar de não ser nenhum herói, e sim um prestigiado especialista em hieróglifos, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Porém, o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? Em Salva por um cavalheiro, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.

Alerta de Spoiler!

No segundo livro da Trilogia As irmãs Cynster , o sequestrador continua na sua missão e faz mais uma vítima. Eliza se vê no meio de algo que não estava preparada e vai receber ajuda da pessoa mais improvável de todas.

Enredo:

Eliza, que já estava avisada que sua vida estava correndo perigo, acaba dando uma mancada muito sem noção e vai parar nas mãos do homem que mandou sequestrar sua irmã Heather. Dessa vez sabendo como é o espírito das meninas, ele tenta uma nova abordagem e consegue levar a irmã do meio sem muito alarde. A pobre moça só acorda quando está muito longe para que algo possa ser feito.

Mas como já disse, o espírito dessas meninas é muito forte e desistir de lutar não está no sangue delas. Eis que surge uma oportunidade de escapar e Eliza a agarra do jeito que pode.

Jeremy não é o típico mocinho que aparece montando em um cavalo branco para salvar sua donzela em perigo. Estudioso e acostumado a ficar num canto da sala apenas lendo seus hieróglifos, ele se vê  sem saída quando se depara com a situação de Eliza. O código dos cavalheiros não lhe permite que fique apenas olhando toda aquela ocorrência sem fazer nada e logo se envolve  num resgate em prol de uma donzela em perigo.

 

Narrativa:

A narrativa do livro é em terceira pessoa, muito envolvente, nos transportando para a época contada, a Londres de 1829.

Fiquei imersa nesse sequestro e me peguei torcendo para o lado errado (não me julguem). Só quem leu vai me entender.

 

Destaque:

Quero destacar algo que me incomodou na verdade. Apesar da capa do livro ser linda, não é a irmã certa, pois quem tem cabelos ruivos é a irmã número três. Por que então a editora trocou a capa? O.o Juro que fiquei bugada com esse detalhe. A irmã dois tem cabelos louros escuros e não ruivos.

Agora tirando esse fato, o livro é muito bom, muito bem escrito e com passagens muito boas. A diagramação está ótima.

Minha Opinião:

O que me deu mais vontade de continuar essa história foi a curiosidade de saber quem era o conde e a motivação dele para o sequestro. E confesso que rolou uma revolta da minha parte quando o motivo foi revelado.

Eliza é uma personagem bem diferente da sua irmã. Muito comedida, tenta passar por toda essa situação sem se prejudicar muito, contudo, isso vai caindo por terra, pois ela tem que enfrentar seus medos e fazer coisas que não está acostumada para se salvar. Seu envolvimento com seu salvador é gradativo e muito gostoso de ler. Ela não vai de amores por ele, muito pelo contrário, tudo vai sendo conquistado. É lindo.

Já Jeremy tem que superar o fato de ter que sair da sua zona de conforto e planejar fugas, salvar uma donzela e ainda por cima de preocupar com o sentimento que está brotando em seu peito. Algo que pensou que jamais aconteceria com ele por está ocupado demais com seus estudos. Não era algo que ele planejava, a vida como estava era agradável e o fato de ser monótona era o que mais lhe apetecia.

E em contrapartida temos o vilão que não deixa barato o fato de ter sido ludibriado de forma tão tola. Ele quer terminar o que começou e não aceita deixar um trabalho que lhe foi proposto inacabado. Está além de suas forças. E sua força de vontade em querer pegar Eliza é assustadora.

Esse segundo livro vai fazer você ficar aflita, suspirar, se indignar e se apaixonar definitivamente.

Espero que tenham gostado. Bjs e até a próxima.

 

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

  • Bia

    Apaixonada por essas capass!!! Amei a resenha <3

  • Thamirys

    Capa linda, resenha F****. Resultado? Quero o livro kkkkk

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: