Resenha “Reverso”, de Karen Alvares

Preciso dizer, antes de tudo, que essa autora não tem coração e que posso dizer isso porque a conheço! Essa mulher gosta de nos ver sofrer. Pronto, agora estou me sentindo melhor e podemos seguir para resenha. Kkkk.

OBS: Cuidado essa resenha contém spoiler!

Enredo:

Nesse segundo livro da duologia, Megan está sofrendo com a descoberta do novo mundo por trás do espelho e por saber o quanto a vida dela é diferente lá. Nesse mundo paralelo sua mãe está viva, o que é muito triste já que em seu mundo, ela morreu de câncer quando era mais nova.

Seu pai também é diferente, ausente, não fazendo questão nenhuma de participar da vida das filhas, Megami, sua versão contraria, é tão bizarra em relação a ela que a faz sentir asco por suas atitudes.

A garota é uma patricinha insuportável, que leva a vida infernizando os outros. Não gosta de ninguém, malcriada, metida a adulta, o oposto de Megan.

Decidida a nunca mais voltar para o outro lado do espelho, Megan trava uma batalha com Megami e enfim consegue voltar para o seu mundo, só que passa a ser assombrada por Megami que insiste que as duas troquem de lugar, alegando assim que Megan pode viver com sua mãe que no universo dela está viva.

Com sua volta do mundo reverso, Megan fica com uma sequela e agora tem que correr contra o tempo para desvendar e erradicar o problema que acabou se metendo. E com a ajuda do diário da sua mãe, seu amigo Dan, crê que irá conseguir.

 

Narrativa:

O livro é contado em terceira pessoa e conseguimos ter uma visão ampla das coisas que acontecem ao redor de Megan. A autora Karen tem um poder incrível de fazer a gente mergulhar na história, sentir os personagens, sofrer com eles, abraça-los mentalmente.

Destaque:

Apesar de ser uma ficção, faz você pensar em vários aspectos da vida, o quanto algumas coisas podem ser de grande valor e outras nem tanto. O quanto a urgência das coisas fazem a gente tomar decisões loucas e até mesmo egoístas. É um livro que nos faz pensar. E chorar, chorar muito.

Minha Opinião:

Confesso que enrolei pra ler esse livro, porque fiquei triste, abalada com o final do primeiro e aí rolou um medo. Aquele medo de saber que vou chorar até encher as caixas d’água da minha casa, mas aí criei coragem, comprei uma caixa de lenços, respirei fundo e fui no famoso: “Vai filhão!”

E quando comecei não parei mais. Essa mulher tem um dom incrível de me fazer apaixonar por suas linhas assim que as começo.

Megan está abalada e tem toda razão, ela acaba de descobrir que consegue transpassar o espelho de casa e parar num mundo paralelo, onde sua mãe está viva, seu pai é um imbecil e sua cópia é uma garota insuportável. Até sua irmãzinha é estranha nesse mundo.

Assim que me deparei com o drama do livro, senti vontade de mandar mensagens malcriadas para a autora (voltando a afirmar, eu posso), mas me segurei e continuei bravamente, porém, sofrendo horrores. Megan tem que suportar coisas que não são legais para a idade dela, contudo ela é tão madura, sendo sempre forte por sua irmã e pai.

O pai de Megan no mundo certo é o melhor pai do mundo, muito companheiro tenta ajudá-la das melhores formas possíveis. É lindo de ler a relação dos dois.

A irmãzinha de Megan também é muito fofa e foi fácil adorá-la.

Agora vamos ao shipper né, galera? O que falar de Dan? Gente teve uns momentos no livro que eu simplesmente ficava suspirando e imaginando: Por que não conheci um desse quando era adolescente?

O menino é lindo, amigo, mega inteligente e muito fiel a Megan. A passagem onde eles brincam de “Eu nunca” fez a minha pessoa gritar de felicidade e chorar também. Como pode isso produção?

Mas lógico, não podemos esquecer a real história aqui que é o danado do espelho e seus poderes bisonhos. Megan, com sua viajem, acaba descobrindo o que realmente houve com sua mãe, o que ela precisou fazer por amor a família e também do porque Megami é daquele jeito tão nojento e egoísta. E até rola certa simpatia por ela nesses momentos.

Agora vamos falar do final. Eu estava lá, lendo de boa na cama, quando solto aquele grito sonoro: Mas o quê? Como assim, Dona Karen?

A vontade foi de mandar áudios e mais áudios para ela. Aí corri para achar qualquer coisa que aliviasse meu coração triste e saudoso e qual foi minha surpresa quando encontrei um conto dos livros (totalmente de graça) de uma cena que eu queria muito saber como foi!?! Fiquei mais feliz que pinto no lixo.

Link do Conto: O Presente

Super indico esse livro lindo e maravilhoso, é envolvente e merece que todos o leiam.

Sinopse Oficial:

Megan gostaria de ter deixado todos os seus medos do outro lado do espelho, presos com Megami e sua perigosa obsessão. Mas ela sabe que nada é tão fácil e, rápido demais, o espelho cobra seu preço também deste lado. Megan se vê dentro do seu maior pesadelo, um que conhece muito bem. E agora, além de lutar contra Megami, precisa fazer uma terrível escolha que definirá o seu futuro e o das pessoas ao seu redor.

Em meio a tantos segredos e dúvidas, Megan deve descobrir a verdade sobre Megami e, acima de tudo, sobre si mesma.

Reverso é a conclusão da história iniciada em Inverso, de Karen Alvares, a jornada de uma garota em busca de sua própria identidade. Para proteger quem mais ama, Megan enfrentará seus maiores temores e irá compreender seus sentimentos mais profundos. Mas será que ela é assim tão diferente da garota que a encara do outro lado do espelho?

Ficha Técnica:

Titulo: Reverso
Autora: Karen Alvares
Ano: 2016
Páginas: 148
Idioma: português
Editora: Draco

Link para a compra: Aqui

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

  • Bia

    Adorei demais a resenha, Mama! <3

  • Karen Alvares

    Que resenha maravilhosa, Ara! É como se eu estivesse ouvindo você falar comigo do livro! (Aliás, que saudade de novo, esse ano tem Bienal e a gente vai se ver e se abraçar muito!)
    Amei, obrigada demais pelo carinho! <3
    Beijos!!!

  • Thamirys

    Não sei se mu coração aguenta, mas meu llado masoquista fala alto e da uma vontade de ler…

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: