Resenha “Play – Stage Dive”, de Kylie Scott

Se tem um livro que ri muito com um personagem por ele ser mega louco foi esse. Misture um pouco de rock e imperatividade e temos Malcon Ericson!

Enredo:

Anne Rollings acabou de receber uma rasteira de sua companheira de apartamento. A mulher lhe deixou com uma dívida daquelas e ela não tem noção de como vai conseguir dinheiro. Mesmo trabalhando na livraria, sabe que não conseguirá arrumar a tempo dinheiro para pagar o aluguel. O risco de perder sua casa está mais próximo do que qualquer coisa.

Malcon Ericson, mais conhecido com Mal da banda Stage Dive precisa arrumar uma namorada o quanto antes, pois ele precisa perder sua fama de mulherengo perante todos, o motivo? Ele não conta para ninguém, principalmente para Anne. Ele apenas diz que precisa e irá pagar para que ela finja ser sua namorada.

Mesmo sabendo o quanto isso é perigoso, pois o cara é um gato e ela tem uma queda por ele, Anne aceita porque está com muito medo de perder o seu lar.

E assim os dois vão enganando a todos nesse romance de fachada e cada vez mais atraídos um pelo outro.

Narrativa:

O livro é contado na visão de Anne o que torna tudo muito engraçado porque ela fica louca com a personalidade de Mal. Ela é muito ajuizada e teve que amadurecer cedo para tomar conta de sua irmã. Já Mal vê o mundo como um grande parque onde ele pode se divertir como quiser, é um contraste muito divertido. Foi o livro da série que mais ri.

Destaque:

Adorei o humor desse livro e o drama que ele carrega. Sim gente tem drama, né? Como todo bom romance, e esse foi criando aquele clima de falsa alegria que vai nos envolvendo e quando menos percebemos estamos sofrendo com o personagem. Curti muito isso.

Opinião:

Assim que fui lendo e conhecendo a vida de Anne foi batendo uma revolta por todas as coisas que ela e a irmã tiveram que passar na juventude, coitada, ela teve que abrir mão de muita coisa em prol da irmã, mas isso não a fez uma pessoa amarga, de jeito nenhum, isso que foi legal nesse livro.

Anne só é prevenida, pensa antes de dar seus passos, afinal de contas sua vida nunca foi fácil, diferente de Mal que vive a vida intensamente como se fosse o último dia.

Mal tem um segredo, isso fica nítido no começo, mas fica difícil determinar por conta de seus rompantes. Ele é imperativo e não deixa muitas escolhas para Anne em relação as coisas que apronta. O que mais gostei foi o quanto ele era fofo com ela. Gente o cara é ligando no 220 mas não deixa de ser fofo com ela, com suas atitudes impensadas e assim vai conquistando o coração dela.

“A vida é uma música, Anne. Vamos tocá-la.”

Há vários momentos no livro que Anne não sabe o que dizer para as atitudes loucas dele e isso é hilário.

A passagem do livro em que ele troca mensagens com ela é de morrer de rir. Amei demais.

Agora falando das partes românticas, Mal é um menino muito bem criativo nesses momentos, adorei as cenas que ele protagonizou com a Anne, sensuais e mega envolventes, com o seu jeito louco marcando presença. Gostei muito.

Mais personagens foram apresentados nesse segundo livro da série, cada uma com suas peculiaridades. Os pais de Malcon e irmã de Anne realmente me agradaram muito.

Super indico pra quem quer se divertir com um romance engraçado, envolvente e sensual.

Sinopse:

Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida.

Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência – especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Ficha Técnica:

Título: Play
Título Original: Play
Série: Stage Dive – 2
Autora: Kylie Scott
Editora: Universo dos livros
Páginas: 320
Gênero: Romance Erótico; Literatura Estrangeira; Ficção.

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

  • ericorobert

    Show, gostei da resenha!

  • Bia

    Me apaixonei pelo cara loiro que você colocou. SOS!!!!! hahahah amei a resenha, Mama <3

  • Thamirys

    Ok, não vou comprar só o primeiro.. já vi que vou comprar TODOS.
    AMEEEEI a resenha.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: