Resenha “One Man Guy”, de Michael Barakiva

Se você me conhece, provavelmente sabe que eu sou uma “fujoshi” de carteirinha, sim eu sou a loka dos livros, comics, mangás BL! kkkkkk É tudo de bom!! Mas se você não gosta tudo bem apenas lembre: respeito é bom e todo mundo gosta  😀

Enredo:

Aleksander ou apenas Alek é um garoto de descendência armênica de 14 anos, que se vê preso a uma família de fervorosos armênicos que acham que ele tem que ser o melhor em tudo. Por isso o colocam em uma classe especial durante o verão, como se fosse uma espécie de reforço (mesmo não precisando, apenas para entrar na lista de melhores alunos), enquanto que sua família sai de férias, sem ele! (vacilo mano kkk)

Apesar de querer curtir e jogar tênis ele acaba aceitando sem ter muitas escolhas. Alek sempre se sentiu deslocado e nerd, nunca foi muito notável na escola e possui uma única amiga Becky (que é a melhor amiga do mundo!)

Ele sempre admirou Ethan, um garoto super descolado que ficou conhecido na escola pela lendária guerra de comida. Alek e Ethan são opostos um do outro, mesmo assim seus destinos se cruzam quando Ethan convence – sequestra kkk- Alek a matar aula para ver um show em Nova Iorque.

A partir daí a vida de Alek muda completamente. Será que Ethan está disposto a ser amigo dele ou tem algo a mais?(aquela carinha safadinha)

Narrativa:

O livro é contado na terceira pessoa, tendo uma linguagem leve e jovial, sendo assim fácil de ler. Eu devorei em um dia kkkkkk, e os personagens soltam ocasionalmente um palavrão o que deixa mais real e engraçado.

Destaques:

Apesar de ser um romance você aprende muito sobre a cultura armênica o que é demais!! Confesso que quando terminei de ler fui direto para o Google, pesquisar e aprender mais sobre o genocídio armênio. O livro nos mostra mais sobre esse país que tem uma cultura tão rica e interessante. O mais legal é que no ultimo capítulo temos uma receita de uma comida bastante citada no livro: charuto de folha de uva, essa comida foi tão bem descrita que me dava vontade de comer.

Outra coisa que eu gostaria de citar são as músicas de Rufus Wainwright que estão fortemente ligadas aos personagens e são muito citadas na historia. Elas são realmente boas. Uma dica minha é: coloque a playlist do Rufus pra tocar, pega seu livro do One Man Guy e só vai kkkk.

Opinião:

One Man Guy é um livro que com certeza vai para minha lista de favoritos, é tão fofo ao mesmo tempo real, que aborda um assunto delicado para a sociedade de forma muito boa e normal.

Até porque isso é normal, todos nós somos diferentes, a gente só precisa aceitar e respeitar. A relação de Alek e Ethan é tão bonita e vemos ela crescer ao decorrer dos capítulos.

Não é algo ‘’agressivo’’ mais sim, realista e romântico. Eu realmente recomendo esse livro para todos ou apenas para você que quer começar a ler coisas do gênero, prometo que você não vai se arrepender (dica da Lu 😉 ). Mas enfim eu amei One Man Guy, recomendo muito, você vai chorar, rir, suspirar de fofura e se encantar.

Sinopse:

Um romance sobre dois garotos, dois mundos e um encontro.
Ethan é tudo o que Alek gostaria de ser: confiante, livre e irreverente. Apesar de estudarem na mesma escola, os dois garotos pertencem a mundos diferentes. Enquanto Ethan é descolado e tem vários amigos, Alek tem apenas uma, Becky, e convive intensamente com sua família e a comunidade armênia.
Mesmo com tantas diferenças, os destinos de Ethan e Alek se cruzam ao precisarem frequentar um mesmo curso de férias. Quando Ethan convence Alek a matar aula e ir a um show de Rufus Wainwright no Central Park, em Nova York, Alek embarca em sua primeira aventura fora de sua existência no subúrbio de Nova Jersey e da proteção de sua família.
E ele não consegue acreditar que um cara tão legal quer ser seu amigo. Ou, talvez, mais do que isso.
One Man Guy é uma história romântica, comovente e engraçada sobre o que acontece quando as pessoas saem de suas zonas de conforto e ajudam o outro a ver o mundo (e a si mesmo) como nunca viram antes.

“Só sei que gosto de estar aqui com você e não consigo me imaginar querendo mais ninguém. Isso basta para você?”

Ficha Técnica

Título: One Man Guy

Autor: Michael Barakiva

Gênero: Romance

Páginas: 272

Editora: Leya

Ano: 2015

Luiza Robert

Tenho 13 anos e sou fã alucinada de animes, mangás, tudo que envolve K-pop e sonho em ir para o Japão. Adoro ler e devo isso aos meus pais. Adoro minha gatinha Yuki e amo brincar com a minha maninha Bia. Tenho orgulho de ser uma Filha Aficcionada.

Você Pode Gostar

  • Bia

    Que resenha mais linda, Lu!! Muito orgulho de você <3

  • Thamirys

    Eu já disse que amo suas resenhas?
    Então, amei muito kkkkk
    Amo livros assim e já quero.

  • ericorobert

    Resenha muito boa preta, muito orgulho de você, parabéns. Fiquei até curioso!

  • Resenha linda, adorei o livro, fiquei muito interessada.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: