Resenha “O Senhor da Chuva”, de André Vianco

  

Imagina um livro que fará você mergulhar em um universo já conhecido por alguns, mas de uma forma totalmente imersiva e que mexerá com a sua cabeça como nenhum outro livro foi capaz de fazer…  vamos falar de O Senhor da Chuva, o livro que indico como porta de entrada para o Universo de André Vianco.

Vamos à resenha:

ENREDO:

Gregório, um traficante em fim de carreira planeja um último golpe para se livrar desse mundo perigoso e para poder se aposentar definitivamente desta profissão onde o tempo de vida é extremamente curto.  Ele e seu amigo Renan, fazem a compra de um carregamento grande com o intuito de revender a um cliente importante, mas a ganância do rapaz faz com que ele misture a droga para render mais.

Paralelo a isso, um poderoso Anjo da Guarda vigia sua protegida, que infelizmente é vizinha de Gregório em um prédio barato.  O anjo consegue enxergar a alma das pessoas e percebe que o traficante, apesar da profissão, não é uma pessoa ruim, e sim um coitado que fez péssimas escolhas em sua humilde vida.

Mas existe uma lei muito antiga que impede que este ser de Luz se meta nos negócios das trevas, território daqueles que cercam o contraventor e seu amigo.

Chegado o fatídico dia da entrega, Gregório encontra com seu cliente em um beco não muito longe de sua casa, mas sua farsa é descoberta pelo cliente esperto que se vinga alvejando-o de balas naquela noite chuvosa no beco escuro. O anjo, que em virtude desta alma perdida, confronta os demônios que guardam Gregório dando inicio a uma luta de vida ou morte no plano espiritual e no terreno.

Por fim, ambos feridos mortalmente por seus agressores, o anjo vê uma única forma de salvar a si e ao pobre rapaz, e quebra uma regra sagrada ao possuir o corpo do homem moribundo.  Essa quebra no antigo acordo dá direito ao exército infernal de convocar uma guerra, e assim o faz.

O anjo agora tem que reunir aliados para vencer, essa que promete ser a maior guerra entre o céu e o inferno, desde a queda do primeiro anjo, enquanto permanece no corpo de Gregório em uma fuga alucinada para manter a vida de seu novo protegido e consequentemente a sua.

 


NARRATIVA:

O livro é muito imersivo e escrito na visão do Anjo/Gregório. A forma que o autor utiliza de recursos de narrativa para nos apresentar os problemas e soluções são fantásticos, isso sem contar o poder de nos transportar para dentro da história de tal forma que é possível ouvir o crepitar do fogo ou até mesmo sentir o cheiro de carne podre de um cachorro abandonado em um celeiro (acreditem, eu senti) .

Não é atoa que André Vianco se tornou o meu autor favorito, pois a regionalização de seus personagens aliado a imersão dada em sua narrativa, fazem o prazer da leitura ter um sabor a mais.


DESTAQUE:

Existem vários pontos que poderia destacar, mas vou citar dois momentos que me emocionaram muito:

1º Existe um momento na trama que é concedido ao anjo uma audiência com Deus, e a forma como esse ser supremo é descrito é simplesmente maravilhoso, pois ele não só tornou o diálogo bem feito sem desrespeitar nada e nem a ninguém como ele conseguiu transcrever todo o poder deste ser de Luz.

2º Em um momento do livro, um dos personagens é obrigado a utilizar a fé como única arma contra as forças do mal e esta passagem é maravilhosa, pois o autor faz uso de muito do nosso cotidiano, mas com uma visão do “segundo plano” onde podemos perceber o poder de uma oração feita com o coração.


MINHA OPINIÃO:

Um livro curto e ao mesmo tempo denso, que vai te levar de um extremo ao outro sem perder o ritmo. Uma obra que dá início a toda uma gama de livros do mesmo gênero. Outro ponto muito importante aqui é que o autor utiliza um personagem muito cativante, um Padre, fiquem de olho nele, pois o mesmo é responsável pela conexão deste livro com os demais da série Os Sete, além de participações mais que especiais em outros livros solo, como Sementes no Gelo.

Um livro que vai te marcar e com certeza você vai querer saber mais sobre esse autor que tanto admiro.

Uma excelente leitura a todos e “Espalhe a Palavra!”

SINOPSE OFICIAL: 

Um anjo perseguido, para não ser destruído, possui o corpo de um ser humano igualmente agonizante. Assim, o anjo quebra uma regra sagrada que dá direito aos demônios de evocarem uma guerra desigual que poderá desencadear a destruição de todos os anjos de luz da terra.

Agora, os dois exércitos estão furiosos, transformando as tranqüilas pastagens de Belo Verde num funesto campo de batalhas onde espadas que parecem chamas, e olhos que parecem brasas, darão o tom nesta misteriosa aventura sobrenatural, repleta de batalhas mergulhadas no mundo dos anjos, dos vampiros… e dos demônios.

Anjos enfrentam as criaturas do mal em combates corpo a corpo, empurrando espadas e evitando dentadas a todo custo. Os anjos estão em menor número, mas têm esperança… A Chuva.

FICHA TÉCNICA: 

AUTOR: André Vianco
NÚMERO DA EDIÇÃO:
1
IDIOMA: Português
ANO DA EDIÇÃO: 2001
MARCA: Novo Século – SP
I.S.B.N.: 8587791109
NÚMERO DE PÁGINAS: 268
ACABAMENTO: Brochura

Érico Robert

Sou apaixonado por Livros, RPG e Video Games. Minha Família é tudo pra mim, minha alma gêmea (Ara), foi quem me ensinou a gostar de ler e sou eternamente grato a ela. Sou dedicada as minhas filhas, mas adoro os poucos momento em que posso desfrutar de paz e sossego. Diversão é reunir a família e os amigos e cozinhar para eles, enquanto conversamos, assistimos alguns filmes ou batalhamos no RPG!

Você Pode Gostar

  • Adoro esse livro, gosto muito desse autor. Resenha excelente!

  • Laura Helena Amorim

    Parece muito legal e a história é bem diferente do convencional, vou procurar (:

  • Tainá de Oliveira

    André Vianco é um exemplo de escritor!

  • Thamirys

    Meus Deus! Preciso desse livro pra ontem!
    Gostei muito Érico

  • Bia

    Adorei a resenha!! A história parece ser muito legal!

  • Igor Cuiabano

    Realmente parece ser um livro incrível!

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: