Resenha “O garoto que eu abandonei”, de Raiza Varella

O garoto que eu abandonei Book Cover O garoto que eu abandonei
Trilogia Encantados (volume 3)
Raiza Varella
Romance
Editora Pandorga
2017
ebook
694

O QUE VOCÊ PERDOARIA POR AMOR?

Em O Garoto que eu abandonei, vamos conhecer a história do último encantado dos irmãos Bittencourt. Gustavo mantinha uma namorada secreta há meses com medo da reação de sua família e, principalmente, de sua irmã caçula, afinal, sabia que Bárbara não aceitaria facilmente seu relacionamento. Quando o segredo vem à tona, Gustavo decide se casar com a moça, doa a quem doer, lançando um desafio tentador a Bárbara: afundar o casamento a qualquer custo, mesmo que, para isso, precisasse colocar em risco o seu “felizes para sempre” com um certo garoto dos olhos azuis. A solução? Recorrer à ajuda de uma misteriosa garota do passado do irmão. Ela não sabe nada sobre ela, a não ser que partira o coração de Gustavo em um milhão de pedacinhos depois que o abandonou, mas a ruiva com olhos cinzentos e infelizes parece ser sua última e única opção. O que Bárbara não imagina é que a história dos dois é mais profunda do que se deixa transparecer. Marcela é morta por dentro e também é a Branca de Neve de um certo príncipe encantado. Em meio a encontros e desencontros, um passado secreto, muitas mentiras e uma maçã envenenada, poderá existir um final feliz?

Primeiramente… vocês já sabem.

Segundamente… CASAL AFICCIONADO ESTÁ DE VOLTAAAAAAAAAAA E EU DIGO ISSO COM A MAIOR FELICIDADE DO MUNDÃO. Logo, escolhi um livro lindo para marcar as voltas das minhas resenhas… TAN TAN TAN TAAAAAAAAAAAAAN.

Enredo

Marcela perdeu todos, ou como ela prefere dizer, perdeu tudo. Quebrada e de volta à sua antiga cidade, ela recebe uma interessante missão: Seguir e descobrir os podres da atual namorada do único cara que fez seu coração bater forte.

Mala (e eu posso chama-lo assim porque esperei tanto por esse livro que já me sinto íntima) é o terceiro encantado da Trilogia Encantados da Raiza, e podemos dizer que é um tanto quanto maluco por desafiar a Babi, sua irmã, ao resolver se casar com a mãe das vacas, Camila.

Babi e Anna contratam Marcela para seguir a sua “não-cunhada” e descobrir algo ruim sobre ela, mas assim que Marcela vê Gustavo, ela sente o coração apertado de saudade e resolve desistir. Como Babi não é de desistir das coisas que ela coloca na cabeça, a tática da loira muda e ela resolve que Gus precisa ver Marcela para os dois se (re)apaixonarem.

Tantas reviravoltas assim não podem deixar de ser lidas, uma história assim não pode ser ignorada. Vou contar mais um pouquinho sobre ela! <3

 

Narrativa

Como é característico da Raiza, o livro é narrado pelos dois personagens principais – nesse caso pelo Mala e pela Marcela – e tem alguns pontos de vista dos outros personagens (preciso dizer que quase morri quando vi o nome do Ian ali).

A escrita é tão boa, tão leve, tão suspiros fluída que nem percebi que estava nas últimas páginas. Sem contar que livros narrados em primeira pessoa ganham um espaço enorme no meu coração, com o ponto de vista dividido então nem se fala…

Mais uma vez a Raiza me ganhou na escrita, no enredo e em tudo o que tem direito.

Destaque

O Monstro. Augusto salvou a pátria minutos antes do apito final. E eu só conseguia pensar: “Meu Deus do céu, eu quero dar na cara da Camila, aquela vaca”. Augusto mostrou que mudou muito depois que conheceu Anna, mas não perdeu o jeito durão e protetor, não só salvou Gustavo, mas Babi também.

Outros destaques são as duas surpresas que eu tive no fim do livro, obviamente não vou contar quais são, mas vocês vão ficar chocados.

O último é o amor, porque é tudo sobre ele, afinal. Amor entre irmãos, entre amigos, entre casais. É empatia. É lindo de ler <3

Minha Opinião

Eu nem vou dizer que estou triste por esse ser o último livro da trilogia porque sei que a Raiza tem um livro do Nick e da Valentina guardado no coração dela. Na verdade, eu espero do fundo do meu coração por isso.

A resenha demorou um pouquinho, mas chegou e estou tão feliz por isso. Eu amei demais esse livro e ele não me decepcionou. Coloquei mil expectativas e ele conseguiu superar todas elas.

Ri, amei, chorei (bastante porque é só o Ian aparecer que meu coraçãozinho despedaça), amei mais e me diverti de verdade. A Raiza consegue colocar um toque de drama e comédia romântica ao mesmo tempo e isso é uma das coisas que me faz amar mais e mais os livros dela.

Mala é um príncipe mesmo, como diria a Vovó: “O mais gentil dos Encantados” e por isso não vê o quão nojenta Camila é. A verdade é que ele vê, mas não quer acreditar por ser muito cabeça dura e não querer dar o braço a torcer aos avisos de Babi, Monstro, Ian e a família toda.

Marcela é durona, independente, tem um coração enorme, mas ele está quebrado. Fiquei tão feliz quando ela se refez de novo, como uma Fênix. Ela ganhou uma nova família, um novo amor e…. não posso contar hehe

Gustavo e Marcela ganharam meu coração, Babi e Ian ainda mais, mas aqui vai um enorme “Obrigada” para o Monstro por ele ser o salvador de OTP desse livro. E para a Marcela por, mesmo depois de tudo, não desistir do amor.

Espero que tenham gostado, até a próxima resenha <3

Obs: Alô, alô Pandorga!! Quero esse livro lindo em físico para colocar na minha estante! <3

Bia Bernardo

Sou carioca, ariana, louca por New Adults e apaixonada por história. Jornalista em formação, resenhista aficcionada e amante da escrita. Enquanto não lanço um livro, sigo escrevendo meus textos e minhas histórias. Escrevo e falo muito, o tempo todo. Amo passar o fim de semana com os amigos ou vendo séries.

Você Pode Gostar

  • Thamirys

    Os livros dessa autora parecem ser tão apaixonantes, parabéns pela resenha.

    • Bia

      obrigada, thamiiiii <3

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: