Resenha “MAGNUS CHANSE – A Espada do Verão”, de Rick Riordan

MAGNUS-CHASE_jacket_FINAL-2

Ler Rick Riordan é com visitar velhos amigos. É muita nostalgia. É como estar cercado de pessoas queridas, não tem como não gostar. Mas tenho algumas observações a serem feitas.

Então vamos à resenha.

Rick_Riordan

 

ENREDO:

Um Rapaz que nunca conheceu o pai e que agora vive nas ruas como um desabrigado depois de perder sua mãe em um trágico incêndio. Uma história triste para qualquer um, mas acrescente a isso tudo o fato deste garoto não ser quem ele pensa que é. E coloque também o fato deste mesmo menino ser filho de um Deus nórdico, com poderes diferentes de tudo que você já viu.  E pra piorar inclua um ser muito poderoso com a capacidade de criar fogo com suas próprias mãos e um ódio mortal pelo nosso jovem rapaz e sua família.

 

Bem temos definido a vida de Magnus Chase, um mortal que tem a missão de salvar o mundo da antecipação do Ragnarok, enquanto é acusado e perseguido pelo mesmo motivo.

 

Em meio a perseguições interdimensionais, lutas de vida ou morte e batalhas épicas contra gigantes do Fogo, temos a narrativa da vida nada pacata desse garoto que só queria voltar no tempo e recuperar sua mãe morta.

magnus-chase-nine-realms

 

NARRATIVA:

O toque mágico de Rick Riordan ainda funciona muito bem (obrigado). A escrita envolvente que ganhou milhares de fãs em todo mundo voltou com força total. Bem ao estilo Percy Jackson, o autor das Sagas Teen continua com o seu senso de humor sagas e muito mais atual.

 

O sarcasmo, sempre presente em todos os livros, é fortemente visto aqui em forma de apelidos e brincadeiras feitas pelo protagonista em vários momentos importantes.

 

Uma pequena ressalva sobre a escrita. Em um dado momento do livro, não sei se por culpa do autor ou da tradução, ficou muito confuso entender quem eram os personagens descritos. Os amigos de Magnus, por algumas páginas, me causaram um grande desconforto, pois quando achei que ele falava de um ele estava falando de outro.  Mas logo quando a história pessoal de cada um deles foi explicada, minha confusão teve fim.

 

O livro é contado na visão de Magnus, nos colocando assim, em situações de igual deslumbramento à medida que o rapaz ia conhecendo novos cenários e personagens.

tumblr_nw2kdmDEf21rjiro1o5_500

 

DESTAQUE:

Algo que me chamou muito a atenção é que neste livro, o tom de maturidade é identificado com o passar das páginas. E isso se reflete no fato que neste, por mais de uma vez, o personagem principal MATA um inimigo. Coisa não acontecia nos livros das séries anteriores, mantendo assim aquele lado lúdico de sempre.  Mas nesse não, mesmo não gostando do fato, Magnus por mais de uma vez extermina uma vida em prol de sua missão ou de seus amigos.

 

Outro ponto interessante é a inversão de papeis, onde os Deuses mais conhecidos são mostrados em suas características mais fortes, diferente do que é mostrado no cinema. Trazendo assim um grande desejo de conhecer melhor sobre essas divindades.  Esse sempre foi o ponto alto de Rick Riordan, e por isso eu aplaudo de pé o estímulo que esse autor é capaz de dar aos seus leitores com relação as história e lendas envolvendo os deuses e semideuses.

Magnus_Chase

 

MINHA OPINIÃO:

Iniciei a leitura com uma grande expectativa e isso foi ruim, pois a história de forma plausível, foi bem mais lenta do que eu gostaria. Ela demorou para esquentar, já que tudo tinha que ser explicado para os leitores desta Mitologia pouco conhecida pela maioria. Além disso, o entendimento do próprio personagem sobre o mundo que o cerca retardou um pouco a ação.

 

Mas deixo claro que nos livros seguintes podemos esperar muita intriga e a já característica ação dos livros anteriores do autor.

 

Em resumo, Magnus Chase – A Espada do Verão é um bom livro, divertido e fácil de ler, que nos mostra um pouco sobre uma cultura pouco conhecida e que promete nos entreter com excelentes histórias em seus futuros livros.

 

O segundo livro da nova trama já tem o título de: O Martelo de Thor.  Então podemos esperar rever o Deus glutão e suas cabras falantes…

 

Uma excelente leitura e até a próxima.

 

rick

 

SINOPSE:

A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, usando de muito jogo de cintura para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph – um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico.

 

As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve empreender uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos.

 

Quando um ataque de gigantes do fogo o força a escolher entre a própria segurança e a vida de centenas de inocentes, Magnus toma uma decisão fatal.

 

Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida…

 

Com personagens já conhecidos do público, como Annabeth Chase, prima de Magnus, e deuses como Thor e Loki, Rick nos apresenta mais uma aventura surpreendente, repleta de ação e humor.

 

FICHA TÉCNICA:

PESO 0.59 Kg
EDITORA Intrinseca
I.S.B.N. 9788580577952
ALTURA 23.00 cm
LARGURA 16.00 cm
PROFUNDIDADE 1.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 448
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
CÓD. BARRAS 9788580577952
ANO DA EDIÇÃO 2015
AUTOR Riordan, Rick

HOTSITE do  Livro

Érico Robert

Sou apaixonado por Livros, RPG e Video Games. Minha Família é tudo pra mim, minha alma gêmea (Ara), foi quem me ensinou a gostar de ler e sou eternamente grato a ela. Sou dedicada as minhas filhas, mas adoro os poucos momento em que posso desfrutar de paz e sossego. Diversão é reunir a família e os amigos e cozinhar para eles, enquanto conversamos, assistimos alguns filmes ou batalhamos no RPG!

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: