Resenha “Conquistada por um Visconde”, de Stephanie Laurens

Vamos viajar para o ano de 1829 e conhecer a história dessa mocinha que foge dos padrões “normais” daquela época.

Enredo:

Heather Cynster passou sua juventude inteira tentando conhecer o homem certo que faça seu coração acelerar e que lhe de um casamento regado de muito amor e aventuras, só que prestes a completar 26 anos, idade onde naquela época mulheres já eram consideradas “passadas”, ela decide partir para ao mais desesperado plano, frequentar a festa mais badalada e nem um pouco indicada para moças de famílias como ela. Está disposta a qualquer coisa para encontrar o seu herói.

Porém, nem tudo vai como ela gostaria quando dá de cara com o Visconde Breckenridge, conhecido da sua família. Ele fica completamente chocado ao vê-la entrando no salão e resolve escolta-la para fora da festa, alegando que ali não era lugar para ela.

Após uma desavença entre os dois, onde ela – irritadíssima – resolve seguir para sua carruagem sozinha, Heather se ver cercada por dois homens completamente estranhos e num movimento rápido, jogada de qualquer jeito em uma carruagem. Sim, ela estava sendo sequestrada e não fazia ideia do porquê.

Agora tudo depende do Visconde Breckenridge, que assistiu tudo de longe, resgata-la com vida e rezar que ela não fique machada perante toda sociedade.

Narrativa:

O Livro é contado na terceira pessoa, muito bem detalhando, com a escrita rica, rebuscando como todo bom livro de época.

A autora realmente descreve bem o sequestro de Heather, os lugares onde eles passam, param para pernoitar e é como se a gente estivesse viajando com ela.

As cenas entre o casal também são bem escritas, muito românticas, simplesmente adorei.

Destaque:

Uma coisa que quero destacar é que a partir dessa história descobri que a autora escreveu muitos livros sobre essa família e queria muito que a Harper Collins trouxesse os outros para o Brasil.

A capa é linda demais e a diagramação está ótima, não tenho do que reclamar.

O mistério sobre quem sequestra Heather se mantém e o tempo todo fiquei me perguntando quem era o tal carinha e quando se descobre o motivo… *0*

Minha Opinião:

Quando se fala de época eu já me empolgo muito, foi um estilo que eu me agradei de ler e agora sempre que posso insiro um na minha lista de leitura.

A história é muito envolvente e o casal muito apaixonante. Não vemos aqui um casal que se prende aos parâmetros da época, de forma nenhuma, a mocinha principalmente está interessada em viver o máximo possível do que a vida lhe der e isso é muito legal.

Ela não se prende, sabe bem o que quer e não tem medo do que vão falar dela. É corajosa, não mede esforços para ajudar quem precisa e se mostra muito inteligente.

O Visconde é osso duro de roer, houve momentos no livro que a vontade de socá-lo veio forte, mas depois respirei fundo e continuei, entendi os seus propósitos. Não é nada fácil deixar de fazer algo que estamos acostumados a fazer depois de muito tempo, ainda mais quando aquilo é apenas um motivo para se esconder o real problema.

Fiquei também encantada pelos personagens secundários, quero muito ler o livro da Catriona, preciso pra ontem. A mulher é tão intrigante com aqueles olhos que conseguem ver sua alma, necessito ler sobre essa mulher.

E fiquei muito curiosa com a história do sequestrador e estou torcendo muito para que ele tenha o livro dele.

Para quem curte um bom romance de época, mega romântico, picante e cheio de cenas lindas, indico Conquistada por um Visconde.

Sinopse Oficial:

Londres, 1829. Decidida a escolher seu próprio herói, um que a deixe completamente extasiada e pronta para a felicidade conjugal, Heather Cynster declina convites para os bailes conservadores da aristocracia londrina e busca aventuras fora de seu círculo social. Ao ultrapassar as fronteiras de seu mundo seguro e comparecer a um sarau oferecido por uma dama de reputação duvidosa, Heather acaba entrando na cova de leões. Mas seus planos de independência são arruinados quando encontra, no meio do salão, o enervante Visconde Breckenridge. Amigo dos Cynster e, principalmente, dos irmãos de Heather, ele a toma pelo braço e a leva até a carruagem. Mas seus esforços são inúteis. A poucos metros de entrar no carro, Heather é interceptada e sequestrada por inimigos ocultos que buscam vingança contra os Cynster. Agora, o arrojado Visconde terá de provar que é realmente o herói que Heather tanto almeja… Escrito com maestria, paixão e toques de humor, “Conquistada por um visconde” é uma trama inesquecível, que deixará o leitor querendo mais após a última página. Composta por Stephanie Laurens, considerada a sucessora de Georgette Heyer e a principal referência de muitas escritoras de sucesso, seus romances têm como cenário a alta sociedade de Londres do período regencial. “Conquistada por um visconde” é a escolha certa para os fãs de narrativas cujos personagens são damas audaciosas arrebatadas por nobres sedutores.

Ficha Técnica

Autora: Stephanie Laurens
Ano: 2016
Páginas: 368
Idioma: português
Editora: HarperCollins Brasil

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

  • Bia

    Amei a resenha, Mama!!! Arrasou <3

  • Thamirys

    Romance de época é tudo de bom <3 Tomara que venham todos os livros pro Brasil!!

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: