Resenha “Como agarrar uma Herdeira”, de Julia Quinn

Como agarrar uma herdeira Book Cover Como agarrar uma herdeira
Julia Quinn
Fiction
Editora Arqueiro
8 de August de 2017
304

Um dos livros mais românticos – e engraçados – de Julia Quinn, Como agarrar uma herdeira inaugura a série Agentes da Coroa. Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou. Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso. A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação que o desarma completamente.

Resenha por: Anne Karolyne “Blog Alfas Literárias”
Colaboradora Aficcionada

Enredo:

Caroline, durante toda sua vida, foi tutoriada e presa por seus preceptores. Dona de uma grande fortuna, se vê livre aos 21 anos para desfrutar de tudo o que lhe foi deixado, eis que um equívoco a torna uma suspeita, confundida com uma espiã e traidora da coroa, sendo sequestrada por engano pelo agente Blake Ravenscroft. E nesse sequestro Caroline vê uma chance de fugir de seu terrível e mercenário tutor, sem nem imaginar que a sua vida jamais seria a mesma.

Narrativa:

Nunca li um livro da Julia Quinn em primeira pessoa e esse continua em sua linha de sempre, para sempre na terceira pessoa.

Destaque:

O grande destaque do livro, para mim, foi o mocinho diferente de todos os boys magias vintage que a Júlia escreve. Blake é mal humorado, sarcástico e com uma língua mais afiada que uma navalha, o grande diferencial do livro é se distanciar totalmente do sucesso que são os Bridgtons, mas o clã familiar dá lugar a um elo de amizade e companheirismo na relação dos amigos Blake e James.

Minha Opinião:

Gostei muito do livro, os personagens são divertidos, as relações familiares são realistas e a história é simplesmente divertida. Julia Quinn tomou o que poderia ter sido uma história qualquer de espionagem e muito complicada, e tornou incrivelmente divertido. Há vários momentos de riso alto.

Os mocinhos são dois teimosos que se completam a cada picuinha. Ser um livro construído com fortes fontes de pesquisa são marcas registradas da Julia Quinn, uma romancista de época experiente. As cenas e locais descritos são de uma delicadeza e estudo, a tradução do livro foi feita de forma maravilhosa e não deixa a desejar em nada, simplesmente estou apaixonada pela nova série.

Bom desenvolvimento do personagem (embora, é claro, eles se encaixem perfeitamente nos arquétipos para que você ame os personagens), um enredo suave, sem furos notáveis, bom ritmo e final feliz. Eu gosto da adição do “narrador” na forma de uma jornalista no início de cada capítulo. Minha única queixa é a falta de um antagonista proeminente.

 

Você Pode Gostar

  • Thamirys

    Lá vai eu aumentando a lista de romances <3

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: