Resenha “Cicatrizes”, de Eva Zooks

 

tumblr_static_parao

Confesso que deu agonia de ler esse livro essas certas partes da história por ter me apegado ao personagem. É triste quando vemos alguém que aprendemos a gostar se machucando.

1° Enredo:

Cicatrizes conta a história de Cassie, uma mulher forte e independente que não ver a necessidade de ter nenhum relacionamento profundo com alguém, por esse motivo como forma de aliviar o estresse, ela tem os seus ficantes. Esses acompanhantes são tão irrelevantes para ela, que se quer os chama pelo nome, apenas ficando com o pseudônimo do dia em que Cassie se encontra com eles. Como por exemplo, o Quinta-feira.

Ela tem dois melhores amigos que são pau pra toda obra, daqueles que a ajudam quando ela mais precisa, e é aí que entra o Adam, ele resolve adicionar Cassie em um grupo de poesia onde esses trocam mensagens através da poesia.

Ela tem sua atenção chamada quando um dos integrantes que tem o pseudônimo de Corvo, posta um de seus poemas favoritos. E a partir daí surge uma admiração louca pelo cara que ela nunca viu na vida.

Até que um certo dia, seu amigo pede uma carona pra ela pra passar num determinado lugar, e lá ela conhece o Corvo, que se chama Hawke. Um cara cheio de atitude e mega autoritário, e a primeira coisa que deixa claro assim que a conhece é que se fosse dono dela ela jamais usaria a sandália alta que está usando, pois acredita que elas machucam seus pés.

superthumb

E assim ficamos sabendo que Hawke é um dominador. Cassie fica irritada com o comportamento mandão do cara, mas ao mesmo tempo fica muito tentada por ele, afinal de contas o cara é lindo e muito sexy.

Não quero entrar muito no assunto relacionamento deles pra não contar spoiler, mas o livro é intenso, e as cenas tórridas são boas. Mesmo ele sendo dominador, achei que teve pouco dessa parte contada, pois a autora se concentrou mais no problema de Cassie que é o autoflagelo.

tumblr_lvwjvngu2p1qi1hx1o1_1280__1_

Ela fica transtornada com as atitudes do Mocinho e desconta tudo isso nela mesma. Essa parte foi muito bizarra de ler. Porque acabei pegando carinho pela Cassie.

A protagonista tem problemas sérios psicológicos, pois se trata de uma pessoa insegura e que ver na dor um modo de fugir. E a autora soube descrever isso.

2° Narrativa:

O livro é contado na visão dos dois, oscilando de um para o outro. Gosto quando é assim, porque descobrimos um pouco como cada um está pensando.

3° Destaque:

Fica pra beleza do livro, ele com toda certeza me chamou atenção. Lindo cheio de imagens sensuais, com marca d’água de letras japonesas. Formatação excelente. Vi poucos erros, mas nada que prejudicasse a leitura.

1939504_540561349390450_16842531_n

Sinopse:

Será que tudo é valido por amor?

Até quando o limite entre o amor e a dor são saudáveis?

Cassie terá que encontrar essas respostas para ultrapassar seus próprios limites, vencer as barreiras que impôs a si mesma e aceitar o amor, entregando-se sem reservas.

Perdida em um mar de ilusões, envolta em solidão e agarrando-se a pequenas esperanças, ela vai tentar enfim recomeçar.

Na luta contra o mar bravio e revolto em que se transformou sua vida, Cassie caminha em direção ao farol, que Hawke representa. Um homem bem sucedido, que vê sua vida virada as avessas com a entrada desse furacão.

Uma batalha será travada! De um lado, o amor quase obsessivo de Cassie, e de outro a força centrada e resoluta de Hawke. Princípios serão quebrados, lágrimas derramadas, corações dilacerados. Tudo para que o amor prevaleça.

Ficha Técnica

Autora: Eva Zooks
Gênero: Romance/hot
ISBN: 9788568925034
Formato:16x23cm
Páginas: 278
Editora: Ler Editorial

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

  • Natiara Jardim

    Fiquei curiosa pra ler o livro.

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: