Primeiras Impressões: My Hero Academia

Sinopse: A história se passa nos dias atuais, quando pessoas com poderes especiais tornaram-se comuns em todo o mundo. Um menino chamado Midoriya Izuku não tem poderes, mas ele ainda sonha em se tornar poderoso e conseguir salvar as pessoas, como seu herói favorito.

Fonte: Mangá
Gênero: Shonen | Ação
Estúdio: Bones
Assista o PV aqui!

02-min1

Opinião: Abrindo as porteiras da temporada de animes Primavera 2016 com um dos títulos mais esperados da temporada! \o/

Imagina só que louco um mundo em que mais de 80% da população possui algum “poder”. Neste cenário, existem pessoas que usam seus super poderes para o bem e para o mal. Por conta disso, a profissão de herói se tornou popular e muito bem vista.

Midoriya Izuku adora heróis e o seu sonho é se tornar um! Porém ele faz parte daqueles 20% da população que não nasceram com nenhuma “peculiaridade”. Apesar disso, ele não irá desistir de seu sonho. Mas… será que dá para ser um herói sem super poderes?

Boku-no-Hero-Academia

“My Hero Academia” vem causando muito alvoroço no Japão desde seus primeiros capítulos lançados pela Shonen Jump. Ele precisava ser forte o suficiente para ocupar esta lacuna deixada pelo seu antecessor “Naruto” em 2014 e ele tem dado tudo de si para conseguir isso. Apesar de ainda não ter conseguido alcançá-lo em vendas, ele está indo muito bem já que com pouco mais de um ano de publicação ele já ganhou sua versão animada!

Eu li apenas o primeiro capítulo do mangá de My Hero Academia – por pura falta de tempo -, então eu já tinha uma noção do que esperar no primeiro episódio em relação à roteiro. Talvez por isso eu tenha achado a história meio arrastada. Sim, eu sei que o primeiro capítulo tem 50 páginas e para adaptar para 20 minutos pode ficar um pouco apertado. Mas na minha opinião, o primeiro capitulo do mangá vende a história muito bem e de forma completa. Daí você fica com aquele sentimento de “cara, essa história é legal”.

“cara, essa história é legal”

Não que o anime não tenha sido bem adaptado, o estúdio Bones fez um ótimo trabalho e só tenho elogios, porém eu achei que precisava da finalização melhor do primeiro capítulo para vender a história. Eu sei que muitos não desistirão pois já conhecem ou pela hype do mangá, mas para quem não viu nada sobre a história pode ter ficado um pouco difícil de acreditar na história.

As expectativas para este anime estavam altas e, embora eu tenha achado um pouco duvidoso a forma como venderam a história neste primeiro episódio, eu gostei muito do que vi. A história aparenta ser divertida bem aos moldes da Shonen Jump! Além disso, as imagens promocionais mostraram muitos personagens interessantes que ainda não foram introduzidos. Então vamos crer que esses 13 episódios confirmados só trarão coisas boas!

my-hero_personagens

X Membro da Equipe

Matérias de Ex integrantes da Equipe Aficcionada que hoje não estão mais conosco, que sempre serão lembrados pelo seu grande trabalho.

Você Pode Gostar

  • Erick Bentes

    Sobre Boku no Hero eu só assistir o anime e gostei muito já que ele atrás a essência da Shonen jump de ter um protagonista “fraco” porem tem uma força de vontade gigantesca para realizar o seu sonho, e ultimamente tem poucos animes assim.

    • Rebeca Romano

      Eu também só assisti o anime, Erick. E acredito que ele tem um potencial incrível. Esperando ansiosamente pelo anúncio da segunda temporada. 🙂

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: