Manual de Sobrevivência para a Bienal do Livro Rio 2017

 

Ah, Bienal do Livro… falei pouco, mas já comecei falando bonito. Para quem tem paixão pelos livros, uma Bienal do Livro é o Rock in Rio para os apaixonados pela música. E nesse ano, é a vez dos ávidos leitores cariocas desfrutarem deste paraíso cheinho de livros, maravilha! E para a experiência ser ainda melhor, preparamos ótimas dicas para tornar sua Bienal melhor ainda!

  1. Planeje sua viagem.

No Rio de Janeiro, a Bienal do Livro rola no Riocentro, que é apenas o segundo maior centro de convenções da América Latina, coisinha pouca. Este local fica na Av. Salvador Allende, mas é meio complicado de definir exatamente a qual bairro pertence… alguns definem como Jacarepaguá ou Barra da Tijuca. Seja o que for, já deu para entender que para a grande maioria das pessoas, o Riocentro é bem distante. Então nossa primeira dica é planejar cuidadosamente sua viagem de ida e volta, principalmente se você depende de transporte público. Pesquisem quais são as melhores linhas e os pontos de ônibus pela região para não se perder na hora.

 

     2. Monte sua programação.

Em uma Bienal, não tem como você ficar apenas por 10 minutos ou menos. É um mega evento, não apenas com dezenas de stands de livros como também acontecem várias atrações simultaneamente: seja uma tarde de autógrafos, uma mesa redonda com autores ou um sorteio de brindes, atração é algo que não falta. Por isso, vale consultar a programação oficial da Bienal e montar a sua própria programação, assim, organizando melhor o seu tempo e aproveitando a diversão ao máximo.

       3. Consulte o mapa dos pavilhões.

Os calejados em Bienal sabem muito bem que a na do Rio de Janeiro, há três pavilhões para comportar todos os stands: vermelho, azul e verde. Cada um deles comporta um certo número de editoras e cada um possui algumas particularidades: o vermelho há stands de autores independentes. No Azul, estão as grandes editoras, além do acesso a praça de alimentação. E no verde, estão a maior parte dos auditórios e também é lugar de editoras e eventos voltados para o mundo Geek. Se desejar visitar o stand de sua editora preferida ou ver um bate-papo com autores, consulte o mapa para saber direitinho a localização destas atrações e não se perder. Você pode conferir o mapa neste link: Mapa

 

     4. Use roupas e calçados leves e confortáveis.

Bienal do Livro Rio de Janeiro 2017. No Riocentro. Segundo maior centro de convenções da América Latina. Centenas de editoras e atrações por todo o lado. Claro que você não vai ficar parado por lá nem um momento. Então use roupas bem leves e muito confortáveis, além de calçados bem macios e resistentes, para não ter desconforto enquanto caminhar entre os pavilhões durante várias horas. E você vai andar bastante!

 

     5. Leve água e algum lanchinho.

Se até aqui você já sabe que vai andar bastante por longas horas, é necessário você se manter bastante hidratado todo o tempo, então leve uma boa garrafinha de água para estar sempre à mão quando bater aquela sede. Beba água sempre que puder, pois em eventos assim, é quase certo que irá desidratar depois de um longo tempo de pé ou caminhando sem parar. Ainda aproveitando a dica do mapa, saiba onde localizar banheiros ou os postos médicos em caso de necessidade. E claro, para sobrar mais grana para seus livros, leve um lanche para a hora em que a fome bater.

     6. Leve a sua listinha de livros e planeje seu orçamento.

Leitor que é leitor sempre tem sua famosa listinha de livros que deseja adquirir. Não tem momento perfeito para usar esta lista. Mas se você não nada em rios de dinheiro como boa parte dos mortais (não fique triste migx, estamos todos nessa) não dá para levar todos. Então organize quais livros você já quer comprar logo. Com tantas opções de stands, você também tem a oportunidade de pesquisar preços. O legal é saber quanto o livro está custando nas livrarias e com isso planejar um orçamento para caber os livros do seu sonho. E claro, separe uma grana extra para aqueles livros que sempre vão chamar a sua atenção.

     7. Leve mochilas, bolsas ou ecobags, mas se possível uma mala com rodinhas

Um dos maiores prazeres de sair para fazer compras e exibir suas sacolas cheias por aí. Com livros não é tão diferente assim. A diferença principal é que eles pesam e ocupam um certo espaço. Então por mais que seja legal andar com sacolas cheias dos livros que comprou, é certo que você vai se embananar com tanta sacola pesada nas mãos, ainda mais em um lugar gigantesco que enche bastante de pessoas. Por isso, leve uma mochila bem espaçosa ou, pensando no bem estar do nossa Terra, Planeta água, leve as práticas ecobags para levar seu preciosos e recém-comprados livrinhos. A mala de rodinhas ajuda a você se cansar menos, já que não vai estar carregando os pesos.

 

    8. Identifique seus pertences

Já que você vai levar bastante coisa para a Bienal e sair com mais coisas ainda, procure sempre identificar seus objetos pessoais para caso de perda. Preste bastante atenção também, pois furtos não são raros de acontecer em uma Bienal. Não perca seus objetivos de vista e caso precise, os pavilhões possuem guarda-volumes. Você pode localizá-los pelo mapa.

 

    9. Crianças pequenas.

Se for levar crianças pequenas, como filhos, sobrinhos, priminhos ou coleguinhas destes a tiracolo, então cuidado redobrado com os pequenos. Lugares espaçosos com um grande aglomerado de pessoas circulando são situações em que crianças costumam sumir das nossas vistas, então bastante cuidado nestes momentos. Oriente os pequenos a sempre andarem por perto, de preferência à sua frente, onde você pode vê-los sempre. E para caso eles se percam, sempre os oriente a procurar um segurança ou combine um ponto de encontro que as crianças consigam localizar e memorizar com facilidade. Se possível, coloque uma pulseirinha de papel no pulso da criança, com seu nome, o nome completo de seu responsável e seus números de contato para caso da criança se encontrada por um segurança. Você pode colocar essas informações em etiquetas nas mochilas dos pequenos também. E a dica da água e do lanche vale para elas também!!

 

Agora é só aproveitar esse evento maravilhoso!

Se não comprou seu ingresso antecipe aqui para evitar filas.

Tainá de Oliveira

Sou Tainá de Oliveira, carioca da gema e tipicamente ariana! Rata de livraria, meu vício em livros começou já no berço. Jornalista, sonho em escrever livros tão bons quanto os que leio e que possam encantar crianças e adormecer adultos!

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: