Especial Bienal do Livro Rio 2017: Batalha Ilustrada na Arena Geek & Quadrinhos.

Uma das grandes novidades que a Bienal do Livro Rio 2017 trouxe para sua 18º edição foi a Arena Geek & Quadrinho, espaço que se localizava no Pavilhão Verde, repleto de atividades recreativas para crianças e adolescentes, além de bate-papos divertidíssimos para o público geek.

Palco dentro da Arena Geek. Para participar dessas atividades, era necessário pegar uma senha até uma hora antes do começo de cada atividade.

Um desses eventos foi a Batalha Ilustrada, em que dois cartunistas subiam no palco e diante de uma tele branca, desenham cenas de acordo com a sugestões da plateia, geralmente, formada por crianças e jovens. As batalhas eram mediadas pelo escritor, roterista e desenhista Estevão Ribeiro, capixaba e autor de “Enquanto Ele Estava Morto”, “Os Passarinhos: Hector e Afonso” e “Da Terra a Lua”. A batalha do dia 1 de setembro de 2017, o segundo dia de Bienal, trouxe os cartunistas Felipe Campos e Paulo Marcio Esper.

Tela pronta para o começo de mais uma Batalha Ilustrada!

Felipe Campos é carioca e autor das HQ´s “A Lenda do Rato no Telhado” e “ Excursão ao Parque de Terror”, que são histórias do gênero terror para o público infanto-juvenil e publicadas pela editora Mar de Ideias. Também carioca, Paulo Márcio Esper é designer gráfico e ilustrador, autor de infográficos sobre dinossauros, criaturas marinhas e seres fantásticos, além do seu projeto Rio Vermelho, uma graphic novel de terror/ficção que está disponível para financiamento coletivo no Catarse.

Da esquerda para a direita: Paulo Marcio, Felipe Campos e Estevão Ribeiro no começo da Batalha Ilustrada

O primeiro “round” da batalha, Estevão pediu para a plateia sugestões para o desenho. Para quebrar o gelo, ele começou a sugerir que uma situação cotidiana, como uma pessoa que fica com raiva ao receber uma conta pelo correio. E aí a situação foi ficando mais cômica: a pessoa raivosa com a conta pra pagar é torturador profissional, em seu “ambiente de trabalho”, com a casa caindo aos pedaços por causa de um terremoto e o cara ainda estava com seu cliente mais fiel, o Jason! Isso tudo segundo as sugestões da plateia! Veja como ficou:

Resultado do 1º Round da batalha

 

Estevão animando a platéia e pedindo sugestões para os desenhos

Já a ideia para o segundo round foi a criação de um personagem heroico. E foi escolhido uma garota bem girl power! As crianças sugeriam que ela deveria ser ruiva, com cicatrizes pelo corpo, usando vestido e que seus poderes era visão de calor e voltar no tempo, onde o cenário do desenho seria uma transição entre o passado jurássico e um futuro apocalíptico! Olha como isso foi ficando:

2º Round da batalha: uma heroína com visão de calor e o poder de viajar pelo tempo,

No terceiro round, um menino da plateia foi escolhido para ajudar Felipe e Paulo a desenhar o próximo tema: dessa vez, mais um cenário apocalíptico, mas dessa vez protagonizado nada mais nada pelos pelo Mário! Mário em meio a um apocalipse zumbi, montado em um dinossauro selvagem (Yoshi tinha morrido), empunhando uma espada e uma pistola, enquanto foge de uma horda de zumbis, dentre eles seu irmão Luigi!

Resultado do 3º Round

 

Um menino foi chamado na platéia para ajudar os ilustradores com o desenho

O mais engraçado de todos, o quarto assalto da batalha, as crianças sugeriam um minotauro guitarristas, uma fada dançarina de funk e um baile de favela frequentado por Pokemón! Veja como isso ficou:

Olha no que deu no 4º Round!!!

E pra fechar, Paulo e Felipe desenharam na tela durante cinco minutos vários personagens e coisas que a plateia sugeria. No final de cada round, Estevão sorteava os desenhos para as crianças da plateia. No final dessa atividade, Estevão, Felipe e Paulo foram para o estande da Aquário Editorial, onde os visitantes podiam conversar com eles e autografar seus livros.

No último assalto, Felipe e Paulo tinham que desenhar coisas que as crianças sugeriam durante os últimos cinco minutos da atividade.

 

As atividades na Arena Geek eram as que mais promoviam interação com os visitantes.

 

Tainá de Oliveira

Sou Tainá de Oliveira, carioca da gema e tipicamente ariana! Rata de livraria, meu vício em livros começou já no berço. Jornalista, sonho em escrever livros tão bons quanto os que leio e que possam encantar crianças e adormecer adultos!

Você Pode Gostar

  • Esse espaço realmente ficou muito show!

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: