Crítica: A Colina Escarlate

 foto 2
Da esq. para a dir.: Lucille Sharpie, Thomas Sharpie e Edith Cushing.
Fala, galeraaa! Vamos falar do filme “A Colina Escarlate” (“Crimson Peak”, para os que preferem em inglês) um filme de suspense que flerta com o terror, dirigido e produzido por Guillermo del Toro de “Labirinto do Fauno“.
foto 3
A mansão da Colina Escarlate
.
SINOPSE

Uma jovem americana escritora de livros chamada Edith Cushing (Mia Wasikowska), se apaixona pelo envolvente inglês Sir Thomas Sharpe (Tom Hiddlestone).  Ele deseja apresentar ao pai de Edith um novo aparato que estava apenas em maquete, o qual fazia a coleta de uma argila  vermelha, proveniente da área montanhosa onde se situa sua mansão na Inglaterra.Sem obter sucesso em conseguir a bênção do pai e após a repentina morte do mesmo, Edith se casa com Thomas e decide transferir sua vida (e sua herança) para a mansão dele na Inglaterra. Mas, o que Thomas e sua irmã Lucille Sharpe (Jessica Chastain) escondem, é que a casa é cheia de mistérios e assombrada por entidades macabras.

foto 1
Thomas Sharpie vivido por Tom Hiddleston (nosso eterno Loki).
ANÁLISE
Confesso que eu estava com sentimentos meio controversos quando fui assistir ao filme. Não achei que a divulgação em cima dele foi muito grande e só fui assistir, porque quando fui comprar os ingressos vi que era o ator que fez o Loki de “Thor” e pensei: “Ah, tem o Loki, vai”.
Que bom que fui, porque até que gostei do filme. Assim como “O Labirinto do Fauno”, você vê ali a pegada total de Guillermo del Toro. A história dá uma flertada com o terror, tem  aqueles momentos longos de suspense, que você sabe que de repente, vai aparecer aquela cena sustinho.

foto 4
Essa cena dá sustinho! Hehehe.

Por se passar no início do século XX, o filme soube utilizar de recursos cinematográficos de fade in e fade out, muito utilizados no início da história do cinema.  Falando da essência do enredo achei bem morno, para falar a verdade. Poxa, tudo naquela mansão estava estranho, o Thomas era elegante e fino,mas era todo sinistro e a sonsa da Edith caia em tuuuuudo, gente. Tinha horas que até o pessoal do cinema falou: “Aaaah, minha filha! Vai cair nessa de novo?”. Ou seja, tem aqueles clichês de sempre da menina burra, de despencar de um lugar de 3 andares e só torcer a perna, de ser morto de morte morrida, mas ainda estar vivo (kkkkk), anyway.

Mas, o visual do filme era impecável. Sempre gostei desses filmes que se passam em lugares frios, com neve (coisa que no Brasil não tem né, então a gente sonha rs). Dou o veredito final com nota 8 para o filme. Essa nota é por causa da beleza que do cenário, os momentos de suspense realmente te prendem apesar de alguns clichês e a perfomance de Tom Hiddlestone é envolvente.

E aí, você concorda? Já assistiu ou pensa em assistir “A Colina Escarlate“? Deixe sua opinião aqui nos comentários, curta este post e siga a página do Casal Aficcionado no Facebook.

Bjo da Dayse =*

Dayse Ribeiro

Oi,galera! Meu nome é Dayse, tenho 21 anos e estudo Jornalismo. Sou completamente apaixonada por cinema, séries (Game of Thrones e American Horror Story são meus xodós s2 rsrs) e claro, o Universo Nerd!

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: