Anime da vez Itazura na Kiss

11212262_10205456785672691_1092646757_n

Sinopse: Aihara Kotoko é uma garota praticamente normal, se não fosse pelo amor platônico que a mesma nutre por Irie Naoki, o garoto mais inteligente da escola. Após uma tentativa frustrada de se declarar ao jovem (e levar um não na cara), Kotoko fica desiludida e promete a si mesma que iria esquecer aquela paixão. Mas as coisas mudam quando um terremoto destrói a velha casa onde ela e seu pai moravam. os dois são convidados para se mudar pra casa de um amigo de seu pai, e, para surpresa da jovem, este amigo é o pai de Irie-kun!

Baseado no mangá shoujo de Tada Kaoru.

Opinião: Então vamos falar de animes clássicos. Acredito que Itazura na Kiss foi o primeiro anime romântico que eu assiste e eu simplesmente amei a história.

A historia é o seguinte Aihara Kotoko é uma garota sonhadora e super singular, ela está perdidamente apaixonada por Irei Naoki e decide se declarar pra ele por meio de uma carta. O que ela não contava era que ele fosse rejeitar tão fortemente sua paixãozinha.

Kotoko paga o maior mico de se declarar pra ele em frente a toda escola, e Naoki por ser o mais “fodão” dos alunos, (alias ele é sinistro em tudo!) Não acha que ela é digna de sua companhia, e assim ignora nossa Kotoko como se fosse uma mera barata. Sério, dá pena de como ele trata a coitada.

Só que acontece uma catástrofe na vida da nossa querida protagonista e ela se vê mudando de mala e cuia pra casa do Naoki, já que o pai de Kotoko é o melhor amigo do pai de Naoki.

E aí começa todo drama do anime, pois o trabalho e confusão que essa garota vai inventar pra chamar atenção do nosso querido galã são mega engraçados. Mesmo ela sendo um pouco lerdinha e tapada em alguns assuntos, ela é esforçada, e batalha fervorosamente pra conseguir o coração de Naoki.

Já ele, que aos poucos vai sendo conquistado pela doidinha Kotoko, tenta negar e se manter o mais longe possível dela, pois não se conforma que seu coração possa se apaixonar por uma garota tão diferente dele.

É um anime divertido, dramático, romântico, ou seja cheio de situações recheadas de emoções que fizeram meu coração transbordar de alegria e quase morrer de tanto chorar no episódio 13. É sério galera, eu quase me acabo em lágrimas.

O traço do anime é antigo, ou seja, personagens de homens gigantes, com cabeças pequenas, super desproporcional ao corpo, mulheres pequenas, com cabeças grandes e com olhos gigantes, mas se você ignorar isso e se concentrar na historia, dá pra assistir e curtir de boa. Não estou dizendo que o anime é bizarro não tá? Só estou falando que é antigo, ou seja, traço engraçado. E agora por conta da Ana (nossa ilustradora) sempre que vejo esses animes antigos, eu escuto sua voz na minha cabeça: “Esse anime é todo errado! Tá tudo errado!” kkkkkkkk

Itazura na Kiss me mostrou que persistência é a alma do negócio, quando se trata de amor. Kkkk Mas piadas a parte, vejam, pois é muito bom e vale muito a pena. São 25 episódios maravilhosos.

Outra coisa que eu tenho que comentar é sobres os amigos de Kotoko. Eles são incríveis, e muito engraçados. E até uns do Naoki são aceitáveis. O irmão do dele também é uma comedia e ele faz a Kotoko comer o pão que o diabo amassou. O menino peste.

Amo a trilha sonora desse anime, e as vezes me pego entrando na minha pasta de animes e colocando o anime apenas pra ouvir as músicas. Muito fofa. Principalmente do episódio 13. Ara vomitando arco-íris.

Não deixem de assistir esse clássico, os amantes da temática, vão amar.

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: