RPG 

Analisando Classes: Algoz

O Algoz é uma classe de pura maldade e certamente um dos maiores inimigos que um mestre pode criar para uma aventura. A classe Algoz é uma opção jogável para os players que gostam de personagens malignos.
Para cada sistema, o Algoz sofre alguma mudança, sendo talvez não jogável em alguns sistemas de RPG. O Algoz é considerado o Anti-Paladino devido suas habilidades serem opostas a de um paladino (Como Destruir o bem, Detectar o bem e etc…).


Tipos de Algoz
O Algoz não existe exatamente variações, pois como o paladino, ele trabalha de um único modo.
O Algoz também é um devoto um Deus, mas sempre ao Deus mais maligno possível. Sua lealdade a seu Deus é deveras admirada e temida, pois qualquer um que tente ir contra o Deus de um algoz, certamente ele o matará no mesmo instante.
Uma das poucas diferenças que algum Algoz possui são suas habilidades. A maioria dos Algoz costumam usar armadura pesada e uma espada longa, mas alguns preferem serem personagens mais rápidos usando armaduras leves e armas pequenas.
Todos os Algoz possuem habilidade mágica, assim como os paladinos, mas é raro encontrar com algum que prefira manipular as artes arcanas do que lutar usando uma espada que é bem mais fácil.


Porque ser um Algoz
Se a quantidade de poder que um Algoz tem não é o suficiente para lhe encorajar a jogar com esta classe, talvez podemos falar do quando essa classe pode ser influente e intimidadora.
Um Algoz é literalmente falando, o mal encarnado. Ouvir que um Algoz está indo para uma cidade causa pânico e terror em todos os cidadãos daquela cidade e das cidades vizinhas. Uma pessoa nunca, repetindo, nunca terá coragem de enfrentar um algoz devido a seu grande poder e maldade.
Uma pessoa com tamanho poder e tamanha maldade certamente amedronta até dos maiores guerreiros. Conhecidos por destruir reinados e matar centenas a sangue frio para se lutar contra um Algoz é necessário um grupo de aventureiro completo para ter chance de derrota-lo.

Porque não ser um Algoz
Claro que todo esse poder que ele recebe vem com uma quantidade gigante de problemas. Uma pessoa maléfica certamente é problema em qualquer lugar, então não se pode circular por ai sem arrumar um problema para sí a cada cinco minutos.
Embora possua uma grande intimidação, um Algoz não consegue convencer pessoas com diálogos embora o mesmo não sinta muita necessidade de fazer isso.
Jogar de Algoz em uma campanha de RPG pode ser muito complicado, pois geralmente o RPG é voltado a fazer bondades como salvar princesas, proteger cidades de dragões, evitar a guerra entre outras coisas.
Quando se joga uma campanha pró maldade (O que é muito raro) pode ser que o Algoz seja uma escolha boa, mas nem dentro de um círculo de maldade as pessoas gostam de um Algoz.

Conclusão: Personagens malignos não são muito bons para se jogar no RPG, mas se for um player experiente e a campanha seja pró maldade, certamente escolheria jogar de Algoz sem pensar duas vezes

Loki Kaenn

20 anos. Escritor amador e fanático por RPG, Cardgames e Boardgames. Alimentando o sonho de viver da literatura a cada dia

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: