Crítica – Capitão América 3: Guerra Civil

Capitão América 3: Guerra Civil estreou com tudo nesta última semana e posso confessar à todos o quão difícil foi escapar dos trailers deste filme. Tentei assistir apenas ao primeiro trailer, para não ter surpresas indesejadas que destruíssem o impacto que eu teria ao assistir. Um desses spoilers desnecessários, foi descobrir que o Homem Aranha estaria presente e ainda apoiando o time do Homem de Ferro. Podiam ter guardado, mas vocês não se aguentam, né Marvel? hahahaha

foto 4

Dirigido por Anthony Russo e adaptado dos quadrinhos pelos roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely, é possível perceber que o filme é sensível e constante ao ter a responsabilidade de tratar vários assuntos além do plot principal. Há a divisão dos Vingadores, a necessidade da continuação do Soldado Invernal e introdução de novos personagens neste universo. Muita informação ao mesmo tempo que conseguiu ser bem explicada em pouco mais de duas horas e meia de filme.

foto 1

SINOPSE

Depois do acontecimento em Sokóvia em Era de Ultron, os heróis em nova missão, falham ao tentar salvar uma região e acabam por causar uma catástrofe matando inocentes. O governo americano os impõe um tratado cujo conteúdo seria a regulamentação e o poder de influência sobre os aprimorados. Tony Stark (Robert Downey Jr.), se sente culpado pelas ações da equipe, já Steve Rogers (Chris Evans) acredita que os colegas precisam ser protegidos e não controlados pelo governo. Além disso, atentados terroristas que envolvem o Soldado Invernal (pode ser o estopim para aumentar ainda mais a rixa entre os dois lados.

guerra-civil-cap-america-homem-de-ferro-6336908624

OPINIÃO

WHAT A MOVIE!!! Até que enfim a espera acabou, porque eu estava LOUCA pra assistir e lutei bravamente contra os spoilers :p . Para começar, foi bastante interessante termos lutas rápidas em que apareciam individualmente cada um dos heróis em batalha. Curiosamente, achei este um dos filmes mais sérios desta época de ouro da Marvel, com poucos alívios cômicos, mas que quando existiam, eram realmente criativos e praticamente impossível de não rir (destaque para a cena do Fusca xD).

Na parte técnica, a CGI foi utilizada de forma proveitosa e foi interessante ver os efeitos bem verossímeis. Só me senti um pouco incomodada com alguns pulos e aterrisagens dos heróis. Despencavam de uns 15 metros de altura, mas caiam no chão que nem gato… Haja joelho!

foto 3

Quanto aos personagens, eu curti bastante a forma como os protagonistas e os coadjuvantes foram explorados. Cada um teve seu momento importante e conseguiram fechar bem isso em um filme que tinha a missão de apresentar várias informações em um curto período de tempo. Homem de Ferro e Capitão América estavam bem posicionados em seus ideais e este foi um filme que realmente aumentou a rixa já existente entre os dois.

Homem Formiga vivido pelo nosso querido Paul Rudd, por ser um coadjuvante, teve poucas falas, mas sua participação e carisma deram um brilho todo especial para esse filme. Love ya, Paul!

foto 6

Desta nova leva de heróis, fomos apresentados em Guerra Civil à Pantera Negra e Homem Aranha. Respectivamente falando, T’Challa é o homem por trás da roupa preta que além de ser super habilidoso  é príncipe do reino fictício de Wakanda. O ator Chadwick Boseman conseguiu imergir bem no papel e trouxe um sotaque bastante crível para o personagem que vive no pequeno reino localizado na África Equatorial.

foto 2

Tom Holland é o nosso novo Aranha e já vimos que o guri leva jeito para coisa. O jovem fotógrafo Peter Parker ainda está descobrindo seus poderes, o universo dos aprimorados e é bem engraçado como ele fica maravilhado com tudo o que vê. Acho que a única coisa que me chocou neste universo do Aranha foi o fato da Tia May ser uma mulher tchutchucona… Não que isso seja ruim! Falo isso por apenas estar mais acostumada com aquele estereótipo da velhinha indefesa que vimos na trilogia protagonizada por Tobey Maguire. Enfim, Marisa Tomei terá agora a grande responsabilidade de viver a tia de Parker e de acelerar os corações dos fãs, assim como fez com Stark. hahahaha

foto 5

No geral, acredito que Guerra Civil cumpriu o seu papel, trazendo além da rixa entre os heróis, um vilão com motivos até bem plausíveis para uma vingança. A direção pelos irmãos Russo foi bem realizada, respeitou o momento de cada herói, além de ter sido bacana ver a seriedade no olhar dos personagens e a maturidade do roteiro.

Ah, só pra constar… sou #TeamCaptain, ok? 3bjs =*** hahahahaha

 

Confira abaixo o trailer de Capitão América 3: Guerra Civil :

Deixe nos comentários a sua opinião sobre o filme !

Bjo da Dayse 😉

Dayse Ribeiro

Oi,galera! Meu nome é Dayse, tenho 21 anos e estudo Jornalismo. Sou completamente apaixonada por cinema, séries (Game of Thrones e American Horror Story são meus xodós s2 rsrs) e claro, o Universo Nerd!

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: