Resenha “Proibido”, de Tabitha Suzuma

Proibido-Livro-Capa


Resenha Proibido

Até hoje nunca tinha lido algo que tivesse dilacerado meu coração como este livro. O oco no peito e o choro sem controle foi muito para ser controlado.


“Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa?”.


Enredo:

Maya e Lochan são dois adolescentes que já possuem nas costas uma responsabilidade muito grande: cuidar dos seus irmãos pequenos para que a assistência social não os separe, levando cada um para um canto. Os dois por serem mais velhos, tomam a decisão de tocar a vida da melhor forma possível para que as crianças tenham uma vida normal e não reparem no quanto a vida deles é uma merda.

 

O pai deles os abandonou e a mãe que é uma irresponsável, coloca todo o peso de cuidar de uma família nas costas de Lochan, alegando que ele é o homem da casa agora. O que se torna um fardo horroroso, pois os dois são novos demais para carregar uma carga tão grande.

 

Conforme essa situação vai ficando sufocante, Maya e Lochan vão se aproximando mais e isso gera neles um sentimento de companheirismo. E agora um é a tabua de salvação do outro. Quando os problemas surgem, é na amizade e na cumplicidade que eles se garantem para não pirarem no meio dessa condição.

 

Desse companheirismo e cumplicidade surge o amor. E mesmo eles sabendo que é errado, que aquilo não pode prosseguir de forma nenhuma, não conseguem frear os sentimentos nem a força avassaladora do amor que surge entre os dois.


tumblr_mqz94scyZc1snqo8zo1_500


Narrativa:

O livro é contado na visão de Locham e Maya. Narrativa inteligente, bem estruturada, não é cansativo, devorei suas linhas em um dia. Tem diálogos e pensamentos fantásticos e muitas vezes me peguei refletindo sobre algumas linhas. A autora soube conduzir o livro de forma sutil com um enredo que é polemico e de forma nenhuma me senti mal pelo sentimento dos dois personagens.


Destaque:

O livro é marcante, todo ele. A história é batida, mas me conquistou pela forma que foi contada. A autora é um destaque! É o amor proibido mais lindo que já li. Chorei litros.

Outra coisa que devo destacar é a diagramação, está linda demais com aqueles desenhos nas folhas. Coisa mais linda isso.


12822156_10207322890724151_1989251848_n


Minha Opinião:

Já tinha ouvido falar desse livro e da comoção que ele causava, por esse motivo resolvi adiar sua leitura, mas aí tomei coragem e resolvi lê-lo. Uma vez que, sempre tem aqueles momentos em que queremos ler algo mais triste, dramático, que mexa com a gente não é?

 

Mergulhei de cabeça nessa história e não me arrependo. Lindo, romântico, triste, tocante. É impossível não pensar nos personagens e não sentir vontade de chorar. É incrível como mexeu comigo conhecer Maya, Lochan, e até seus irmãozinhos. Saber o quanto as coisas para aquela família eram difíceis, o quanto tiveram que se esconder para o governo não os separar, o quanto a mãe deles é uma filha da puta por largar crianças pequenas sem nenhum amparo.


tumblr_noy6o2Cr5j1usuxwfo3_500

tumblr_noy6o2Cr5j1usuxwfo1_500

tumblr_noy6o2Cr5j1usuxwfo2_500


Ler e sentir o quanto Lochan ama sua família e o quanto ele estava disposto a oferecer por eles. Ver como era forte dentro de casa, uma verdadeira figura paterna enquanto na escola não passava de um menino assustado com seus problemas sociais. Essa contradição que rendeu textos maravilhosos e angustiantes.

 

Me fez pensar no quanto um simples ato de tocar a quem amo pode significar tanto para pessoas como Lochan e Maya diante da situação que eles vivem. Esse livro só nos faz refletir e valorizar ainda mais o que temos, pois mesmo que seja pouco ainda é muito diante do que os dois personagens têm.

 

Portanto, tenham a mente aberta e leiam sem medo, pois é realmente uma história linda demais. “Proibido” é um livro que merece ser lido.


Baixar-Livro-Proibido-Tabitha-Suzuma-em-PDF-ePub-e-Mobi


Sinopse: 

Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de
uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.

 

Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.

 

Eles são irmão e irmã.

 

Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.


Ficha Técnica

PESO 0.48 Kg
AUTORA: Tabitha Suzuma
EDITORA: Editora Valentina Ltda
I.S.B.N: 9788565859363
ALTURA: 23.00 cm
LARGURA: 16.00 cm
PROFUNDIDADE: 1.00 cm
IDIOMA: Português
ACABAMENTO: Brochura
CÓD. BARRAS: 9788565859363
ANO DA EDIÇÃO: 2014

Ara Robert

Sou viciada em leitura, games, RPG, séries, filmes, gatos, nas minhas filhas e maridão. Meus melhores amigos são meu maridão, minhas filhotas e mami. Sou do tipo que quando ler se apega aos personagens e quando eles morrem eu choro, quando eles são horríveis fico com ódio.

Você Pode Gostar

Pin It on Pinterest

%d blogueiros gostam disto: